Por que temos tanta preguiça

Quando vai chegar o verão e se  movimentamos para fazermos exercícios físicos e ficarmos “em forma”. Porém, o que todos sabem é que devemos nos exercitar constantemente e não somente em um período do ano. E porque e tão difícil se exercitar com frequência? Porque temos tanta preguiça e tendemos tanto ao sedentarismo?

 As respostas para esta pergunta poderia ser “porque somos assim” se não fosse óbvia demais. Nós explicamos!

A ciência explica

Tudo pode ser explicado pela ciência! Sim! Mas, calma! Não precisa se conformar para o resto da vida e nunca mais fazer nenhum exercício físico. Vamos apenas explicar porque nós, mamíferos, temos esta tendência à preguiça e porque não devemos nos sentir tão mal por isso.

Na época de nosso desenvolvimento, há centenas de anos atrás, a oferta de comida era escassa e tínhamos que andar muito para conseguirmos alimentos para sobrevivermos. Quando conseguíamos nos alimentar, o ideal era que ficássemos quietos, o mais quietos possível para que o corpo poupasse energia.

Poupar para viver

Como nosso organismo não sabia quando conseguiríamos nos alimentarmos novamente, ele se concentrava em poupar o máximo de energia que conseguia, pois sem energia, morreríamos. Com isso, passamos anos e anos de evolução com nossos corpos aprendendo e aplicando que toda e qualquer quantidade de energia fosse poupada a fim de manter a sobrevivência da espécie. Isto é o que chamamos de preguiça, hoje em dia.

Preguiça = Poupar energia

A preguiça nada mais é que anos de evolução do corpo humano tentando poupar energia para que a espécie não seja extinta.

Fartura!

Mas hoje não temos escassez de alimentos! Se você pensou isso, pensou certo! Hoje em dia, não temos escassez de alimentos e não há a necessidade de se poupar energia. Porém, nosso corpo demora muitos e muitos anos para se acostumar com uma nova realidade e mais, para evoluir.

Sem motivo para a preguiça

Hoje não precisamos poupar energia, mas sim gastá-la. Com os cargos que temos hoje, em que trabalhamos a maior parte do tempo sentados, precisamos gastar a energia que acumulamos, pois, nosso corpo funciona como matemática básica: soma e subtração. Se consumimos X calorias, devemos gastar X calorias. Se consumimos X+1, este 1 vira gordura e é armazenado em nosso corpo. Para gastar a energia acumulada em forma de gordura também é simples: coma X, mas gaste X+1 de energia. Desta forma o organismo fica equibilibrado, saudável e você não precisa da ciência para explicar aquela sua vontade de não ir à academia.