Como fazer com que nossos filhos cultivem hábitos saudáveis

Em dias de correria acabamos nos esquecendo de cultivar hábitos importantes para nossa saúde. Este ritmo de viver em meio a tantos afazeres acaba por desorganizar toda nossa vida e isto acaba se refletindo para a rotina da nossa família. Quantas vezes você já ouviu falar que alguém não consegue emagrecer ou se manter saudável porque é difícil cuidar do trabalho, da casa e dos filhos? Esta tem sido uma cena comum nos dias de hoje. Porém, devemos nos atentar com a criação de hábitos dos nossos filhos.

Por que devemos criar hábitos saudáveis para nossos filhos?

Já foi comprovado cientificamente que até os 2 anos de idade, devemos evitar deixar que nossos filhos, como refrigerantes, salgadinhos industrializados, entre outros. Porém, o que muitos não sabem é que os hábitos saudáveis devem ser ensinados e cultivados durante toda a infância para que, ao chegar na adolescência, nossos filhos já tenham internalizado estes hábitos e os levem para a vida toda.

Mas, como fazer com que nossos filhos cultivem hábitos saudáveis?

Uma coisa é fato: se você não mantém hábitos saudáveis, não adianta obrigar seus filhos a manterem. Isto segue a mesma lógica de ser fumante e querer criticar seu filho quando adulto se ele optar por fumar. A criança aprende com o exemplo e um bom exemplo é a melhor ferramenta para cultivar hábitos.

Beba bastante água

A recomendação da OMS é que devemos ingerir entre 1,5L e 2,0L de água todos os dias. Para garantir que seu filho terá um bom exemplo, tente seguir estas recomendações. Ensine a ele a importância de se ingerir esta quantidade de água e tente demonstrar com exemplos simples, mas que o faça entender que é importante beber muita água, todos os dias.

Prato colorido é saúde e alegria

Não mostre a verdura como algo ruim que você tem a obrigação de comer. Se você não gosta de saladas, é pouco provável que seu filho vá gostar. Teste os mais variados tipos de salada de modo a agradar seu paladar. Pense na salada como algo benéfico, não obrigatório. Ensine ao seu filho que além de garantir que o corpo dele funcione bem, é colorido e por isso comer salada é uma parte divertida da refeição. Caso ele apresente muita restrição, tente inserir as verduras em pratos de maneira a ficarem disfarçadas, mas que sejam na quantidade ideal para o consumo.

Lembre-se de que a criança sempre aprenderá mais com o exemplo do que com a ordem, portanto, se você quer que seu filho tenha hábitos saudáveis, você deve tê-los também.